domingo, 28 de dezembro de 2008

Sonhos... realidade...

Sonhos são uma das demonstrações mais reais de como somos pequenos diante da grandiosidade da vida. Você já parou pra pensar? Temos um dvd dentro do cérebro capaz de nos mostrar cenas incríveis: realidade, ficção, suspense, terror, romance e tantos outros tipos, justamente no momento em que não temos consciência, não somos protagonistas, mas telespectadores. E do que quer que seja: nossos desejos, medos, enfim, da nossa inconsciência.

Eu sempre tive certeza de que comigo é exatamente isso que acontece, porque, salvo raras exceções, os meus sonhos estão sempre atrelados a algo da minha vida "real". Mas eu nunca sonhei tanto como nos últimos meses. Eu já sonhei muitas vezes e depois, como num passe de mágica, me esquecia do sonho, assim, logo ao acordar. Não era capaz de contá-lo, apenas ficava com a sensação da lembrança. Mas nas últimas noites meu sono tem sido invadido por muitos, mas muitos sonhos mesmo. Algumas vezes, talvez a maioria, são vários numa só noite, e eu tenho sido capaz de me lembrar de todos eles. Dizem que quando a gente sonha muito não descansa. Não me sinto exatamente cansada, mas é uma sensação de caos ao acordar. Mas o fato é que na maioria das vezes os meus sonhos têm a ver com pendências da minha vida, ou do meu coração.

Por exemplo, outro dia eu sonhei a noite toda com um tennis que comprei pra correr. Não foi exatamente um sonho, cheio de cenas, mas eu passei a noite toda com essa idéia atormentando o meu sono. Eu experimentei dois modelos. Levei um, mas fiquei com o outro na cabeça e, no dia anterior já tinha decidido que iria trocar. Pois eu tive que ir correndo, assim que "acordei", senão era capaz de não dormir mais uma noite por causa disso.

Teve outro também, mais recente até. Sonhei com uma aula de inglês com meu novo professor, que eu ainda nem conheço pessoalmente (acertamos as aulas e trocamos algumas palavras por e-mail e msn). Começaremos depois das minhas férias e eu estou bastante ansiosa já que ele é inglês e não fala quase nada o português. Pois eu falava muito com ele no sonho, em inglês, e isso me deixou super feliz! Dizem que quando começamos a falar em inglês nos sonhos é porque já estamos interiorizando a nova língua... rs!

Enfim... são vários os exemplos de sonhos atrelados à minha realidade, à minha vida. Tem até aqueles sonhos em que se sonha com "alguém" que, quando acordados, temos que espantar do pensamento pra tornar menor a dor da saudade. Sim, porque há a saudade que dói, é aquela que sentimos de alguém que sabemos que não voltará, pelo menos não da maneira que desejamos. Estes têm abundado minhas noites. E eu me pergunto: já pensou se fosse ao contrário? Se o que vivemos na realidade fosse a extensão dos sonhos? Viveríamos o "impossível"? Talvez? Eu viveria!

A propósito, este post nasceu de um sonho que tive esta noite... e foi a primeira coisa que fiz hoje, logo ao acordar... nada mais justo!

7 comentários:

Camila Caringe disse...

Uau...
Teve até aquele sonho também que você sonhou que ia na banca da Camila Caringe e a safada não tinha nem te convidado, né?! rsrs

Aquele sonho foi demais.
Não, não. Demais foi a sua honestidade pública do dia seguinte, colocando a doida na parede na frente de todo mundo... haha... Adorei!

Alguns sonhos têm o poder de mudar a realidade.
Freud dizia que no sonho nossos desejos reprimidos são libertos.
Se a realidade fosse reflexo do sonhos... hummm... talvez não desse certo. Você já beijou muita gente em sonho??? rs...

Enfim!
Essa noite foi inspirada, hein?
Benza Deus!
Que seja sempre assim!

Bjo bjo bjo!

Camila Caringe disse...

Ah... listei seu blog no meu. Veja lá no topo da lista como ficou a chamada do link! rs

Amanda Proetti disse...

Taí, Camilinha, mais um sonho q foi o reflexo de pendências em minha vida hein! Bem lembardo... rsrs!!!
Te adoro menina!
Bjs

Vivian disse...

Que doideira, Amanditas! Adooooooro sonhar! Eita coisa boa. Tanta coisa louca acontecendo!! Seria bom mesmo se a vida imitasse nossos sonhos mais malucos!
Linda, adorei seu blog, continue escrevendo!
beijocas
Vi

Vida Bailarina disse...

Sonhar é tão bom, né?
Eu vivo sonhando com pendências também, mas me sinto cansada quando acordo!!
Belo texto, Mandy!
Beijão

Luciano disse...

Ainda não sei se o melhor do sonho é sonha-lo ou torna-lo realidade..

Dexter disse...

Ando dormindo mau por causa de sonhos tbm viu rs