quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

A menina que vê as palavras

No turbilhão de coisas na mente e ao redor, ela para o que está fazendo. E te ouve. Porque ela acha que você realmente tem algo a dizer. E todos não deveriam ter, quando abrem a boca? Eu sinto lhe dizer que não. Não têm!

Mas ela tenta enxergar assim mesmo. Ela consegue ver cada frase, cada idéia. Cada som vai sendo construído a sua frente e ela sente tudo com profundidade. É como se cada palavra saísse voando de nossa boca e fosse em sua direção com uma forma, uma cor, um movimento e um sentido. E ela vê cada detalhe do objeto a ser falado, mesmo que este seja uma coisa abstrata, como o amor.

Talvez por isso ela realmente veja tudo o que é dito. Porque ela não acha as coisas abstratas! Muito menos o amor! Em cada boca, um pouco de amor que cada pessoa tenha a dar.

E mesmo que esta pessoa só diga coisas feias... a menina está tão atenta, que é impossível se manter num nível abaixo do belo quando se está com ela. Os assuntos vão de garranchos balbuciados a poemas do pincel de um artista plástico.

Assim a conversa nunca parece vazia.

Sabe quando você fala com pessoas tão interessadas, que se tem a impressão de conversar com as paredes?

Eu queria apresentar estes sujeitos pra menina que vê as palavras. Ela ia colocar um monte de quadros nessas paredes! Até os quadros completarem tanto as paredes... que elas se transformariam em paisagens!

Da próxima vez que for realmente falar com alguém, talvez você encontre esta menina...

Talvez veja paredes sendo construídas...

Talvez veja paisagens sendo criadas...



Texto escrito pra mim no dia 25 de março de 2002 por alguém que teve, tem e terá sempre um pedaço muito especial da minha alma, simplesmente porque marcas na alma jamais se apagam!

3 comentários:

Vivian disse...

que texto LINDO!
Mas achei que vc que tinha escrito... tem muito da Amanda nesse texto. Essa pessoa te conhece bem mesmo...
Que privilégio.

Michelle Ribeiro disse...

Realmente essa pessoa te conhece muito bem...é você...você fala com imagens...e o que você fala é capaz de transformar o dia de alguém. PERFEITO!

Iêda disse...

Magnifíco este texto!
beijão