quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Achados

Esse medo a gente não procura com as mãos. Ele brota. Invade o espaço tênue entre a racionalidade e a paixão. Deve ser porque quanto mais a gente se inclina menos a sola dos pés sente o chão e o domínio é só uma questão de fragmentos, de partículas. É que a gente vai notando que precisa mais do sorriso do que precisava no sorriso anterior. E a saudade assume formas infinitas e indefinidas como a bailarina que troca de figurino com tamanha habilidade que o tempo passa despercebido aos olhos do espectador. E a gente também se dá conta do tamanho do estrago que a falta vai fazer se se fizer. E as imperfeições próprias, elas crescem, você nem imagina, elas ganham uma força absoluta e se fazem ameaçadoras. Elas ficam insinuando que vão criar uma não tolerância. Porque a intimidade é traidora, e pode ser tão perigosa quanto proporciona cumplicidades deliciosas. Em resumo, eu olho pra fortuna que tenho nas mãos e fico achando que não vou ser hábil o bastante pra permanecer com ela. Porque no fundo eu sei que nem tenho mesmo. A fortuna é ferramenta de felicidade e prazer, ela tem que estar livre para o movimento. Mas eu tenho medo é do movimento, eu tenho medo é de não ser capaz de dançar o balé perfeito e perder o passo e o compasso.



P.S.: E o movimento do tempo põe tudo em desalinho. E o medo? Não sei. Deve estar bailando em outros carnavais!

7 comentários:

Iêda disse...

Quero ver vc bailar para a felicidade! :)

Paty Mattos disse...

Queridos,


segue o meu novo blog. Para quem não sabe o Gabriel Pinho, meu namorado, é casado e nunca tinha me dito nada. Veja a confusão no blog que criei, comente e divulgue.

http://gabrielpinhomesacaneou.blogspot.com/

Bjs

.::Li::. disse...

Baby, o medo que vá embora...vamos ser feliz e ponto!
Bjooo

.::Li::. disse...

Baby, o medo que vá embora...vamos ser feliz e ponto!
Bjooo

Anônimo disse...

Feliz aniversário Amanda.
Que Deus te abençoe muito e te encha de dons e talentos.
PARABÉNS!!!

Adriana Nedelkoff

*July* disse...

Adorei... espero que o medo não te impeça de voar!!!

Estava com saudade dos seus posts..

Felipe Lísboa disse...

ja parou para pensar, como vc, pode ser tão feliz que vc nem acredite, ou pense que é uma utopia , mandinha, a felicidade está em vc, te quero sorrindo de bobeira , e sendo feliz verdadeiramente, sem vc eu sorrira menos !!! bjs fe